Papai Noel dos Correios alegra o Natal de crianças carentes

Há 29 anos a campanha Papai Noel dos Correios é realizada em diferentes cidades do Brasil e tem como objetivo estimular a solidariedade de cada um através da doação de presentes para crianças em situação de vulnerabilidade social. Além disso, a campanha ainda estimula a redação de cartas manuscritas pelas crianças.

Em Juiz de Fora, a campanha tem início nesta sexta-feira, 9, e já conta com mais de 10 mil cartas expostas na Casinha do Papai Noel. Ao todo, foram selecionados pedidos de mais de 60 creches, escolas estaduais e municipais, do maternal ao 5° ano, que também enviaram cartas para a campanha.

“Todas as agências dos Correios já têm cartinhas para serem apadrinhadas, a maior parte fica na agência central na Casinha do Papai Noel. Temos um controle de padrinhos, com nome e número de cada pessoa, que escolhe uma ou mais cartas e se compromete em trazer o presente até a data marcada”, explica Maria do Carmo Lopes Maciel,coordenadorada Campanha Papai Noel dos Correios em Juiz de Fora e Zona da Mata. “Há sete anos que eu estou à frente da campanha e não sobra nenhuma carta, todas são apadrinhadas. Cada ano é uma emoção diferente. Poder ajudar a realizar o sonho de outras crianças é sempre gratificante, emocionante”, disse.

Entre os presentes mais pedidos estão brinquedos, material escolar, roupas, entre outros. Maria do Carmo destaca duas cartas em especial. “Em uma carta a criança pedia uma cama porque não tem uma para dormir. Já em outra cartinha a criança diz que não quer nada material do Papai Noel, o pedido é apenas muito amor, muita alegria e muito carinho para todas as outras crianças que não tenham família”, disse.

Entre os presentes mais pedidos estão brinquedos, material escolar, roupas, entre outros. Foto: Rafaela Frutuoso

Fernanda Marques, 32 anos, participa da campanha há cerca de sete anos. “Participo da campanha desde quando comecei a trabalhar e ter meu próprio dinheiro. No primeiro ano, eu tinha acabado de ser contratada e quis fazer uma boa ação em agradecimento à minha conquista. De lá pra cá, nunca mais parei. Tomei gosto por fazer o Natal dessas crianças mais feliz”, disse. Fernanda é mãe e reconhece a importância da data para os filhos e comenta que se sente muito feliz ao conseguir contribuir para a felicidade de outra criança. “É gratificante ver que, com pouco, podemos fazer o Natal de uma criança mais feliz. Elas acreditam no Papai Noel e seria muito frustrante pra elas não terem um presentinho sequer para abrir. São pedidos tão inocentes e simples que até emocionam. Acho que não custa muito ajudar e fazer essas crianças sorrirem. Fico lembrando da minha infância, da sensação de felicidade em abrir um presente de natal então, quero que essas crianças sintam o mesmo”, comenta.

Em Juiz de Fora as cartinhas podem ser apadrinhadas até o dia 8 de dezembro, data final em que todos os presentes devem ser entregues para a organização. As agências funcionam de segunda a sexta-feira,de 9h às 17h. De acordo com a coordenadora da campanha, a Casinha do Papai Noel, localizada na unidade central dos Correios, na Rua Marechal Deodoro, no Centro, funcionará aos sábados a partir do dia 17 de novembro, de 9h às 12h.

Para os moradores da Zona da Mata mineira que querem apadrinhar alguma cartinha podem procurar a agência dos Correios localizada em sua cidade para confirmar se a mesma está participando da campanha. Além disso, pessoas que não sejam moradoras de Juiz de Fora, mas que querem participar da campanha podem apadrinhar cartinhas da cidade. A organização pede apenas que respeitem as datas programadas.“Nós fazemos a campanha, mas quem faz a alegria das crianças é a população, são as pessoas físicas e jurídicas, que vêm apadrinhar as cartinhas”, disse a coordenadora.

A abertura oficial da campanha será às 10h, na Agência Central dos Correios da cidade, com a chegada do Papai Noel no caminhão do Corpo de Bombeiros, com a participação da banda da Polícia Militar e de 100 crianças matriculadas em duas creches da cidade que vão receber o Papai Noel. O evento é aberto ao público.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente



Digite a palavra e tecle Enter.