Financiamento de imóveis de até R$ 1,5 milhão com FGTS entra em vigor

Imóveis com valor de até R$ 1,5 milhão já podem ser comprados por meio de financiamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), conforme resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN).

A medida entraria em vigor a partir de 2019, mas o colegiado, formado pelos ministérios da Fazenda, do Planejamento e Banco Central, decidiu antecipar a vigência da medida.

Modelo

Em julho, o governo federal decidiu aumentar o teto de financiamento de compra de imóveis pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH) com uso de recursos do FGTS. Anteriormente, esse limite era de R$ 950 mil para imóveis no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal, e R$ 800 mil nos demais estados.

Com esse modelo de financiamento, o mutuário pode usar os recursos depositados em sua conta do FGTS para pagar parcial ou totalmente o preço de aquisição do imóvel, assim como para quitar o saldo devedor da operação.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Banco Central

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente



Digite a palavra e tecle Enter.