Saber trabalhar bem e ter saúde

Saber trabalhar bem e ter saúde

Fala-se muito na importância do trabalho. Devemos, porém, saber a diferença entre trabalhar mal e trabalhar bem. Quem trabalha mal não sente alegria nem ânimo e, por conseguinte, não tem boa saúde. Mas quem trabalha bem sente entusiasmo pelo que faz, torna-se cada vez mais eficiente, recebe elogios do superior, consegue aumento salarial, desfruta boa saúde e contribui para o progresso da pátria. Saber trabalhar bem resulta em múltiplos benefícios.
Mas que será necessário para trabalhar bem? Em primeiro lugar, precisamos gostar do que fazemos. O segredo para gostar do trabalho e dos estudos que nos cabem é pensar “Este trabalho é meu”, “Estes estudos são meus”. Existe um haicai* que diz: “A neve sobre o guarda-chuva parece-me leve/quando penso que é minha”. Suponhamos que alguém obrigue você a ir e vir várias vezes por uma rua, com um guarda-chuva coberto de neve. Mesmo que seja pago para fazer isso, você ficará aborrecido e cansado. Mas, se você fizer isso porque gosta, porque acha di vertido, com certeza não se aborrecerá nem se cansará; pelo contrário, sentir-se-á revigorado e, por conseguinte, estará beneficiando a sua saúde. O segredo para trabalhar bem ou estudar bem é semelhante a isso. Se você pensar:
“Trabalho para os outros, não para mim” ou “Estudo pelos meus pais, não por mim”, não sentirá gosto pelo que faz. Trabalhando ou estudando com má vontade, você terá problemas circulatórios, preguiça mental e cansaço geral; não conseguirá rendimento no que faz, freqüentemente cometerá falhas e será repreendido pelo chefe, voltará para casa com os nervos à flor da pele, entrará em atrito com os familiares e terá acesso de raiva. Em conseqüência, o ambiente do lar se tornará sombrio e constantemente ocorrerão doenças. A principal causa das doenças é a desarmonia familiar; e a principal causa da desarmonia familiar é o aborrecimento das pessoas com o próprio trabalho. Se você trabalhar pensando: “Este é o meu trabalho; graças a ele, consigo meu sustento e, ao mesmo tempo, estou sendo útil ao país”, com certeza sentirá entusiasmo no que faz. E, ao trabalhar com entusiasmo, você não só estará trilhando o caminho da felicidade e do sucesso, como também estará promovendo a própria saúde. Seguir o caminho do sucesso ou fracasso, ser saudável ou doentio – isso depende de você trabalhar com alegria pensando: “Este é meu trabalho; graças a ele consigo me aprimorar” ou trabalhar com desânimo e má vontade.
Na Seicho-No-Ie, diz-se “reconciliar-se com todas as coisas” à atitude mental de aceitar todas as coisas e situações com espírito de gratidão. Reconciliar-se é o mesmo que harmonizar-se. Você deve harmonizar-se com seu trabalho, com os colegas, com o chefe, com os subalternos, com os irmãos, com os pais, com o marido (a esposa), com os filhos, com o criado, enfim, com todas as pessoas do seu convívio. Então, todos serão seus aliados e contribuirão para vivificá-lo. É preciso harmonizar-se não apenas com pessoas, mas também com o trabalho.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente



Digite a palavra e tecle Enter.