Brasil se despede do Mundial com vitória sobre o Japão

Mesmo com uma vitória sobre o Japão, o Brasil encerrou sua participação no Campeonato Mundial feminino de vôlei nesta quinta-feira, 11. Apesar do resultado positivo de 3 sets a 2, a seleção foi eliminada do torneio por ficar em quarto lugar na classificação após a última partida da terceira fase. Para a classificação, as brasileiras deveriam ter vencido por 3 sets a 0.

O Brasil começou bem no jogo, liderando o placar, com a vantagem variando entre dois e três pontos. Superior nos bloqueios e nos passes, a seleção abriu 22 x 17, mas deixou o Japão crescer no jogo. Pressionadas, as brasileiras sofreram a virada e perderam pela primeira parcial de 25 x 23.

Já sabendo da eliminação na competição, a seleção brasileira perdeu o foco no segundo set. Completamente abalada em quadra, a equipe viu as japonesas abrirem uma vantagem que chegou a nove pontos, fechando a segunda parcial em 25 x 16.

Ainda irregular, o Brasil chegou a abrir 7 x 2 no início do terceiro set, mas deixou as japonesas empatarem em 8 x 8 e conquistarem a virada logo depois. Com muitos erros de saque, a seleção sofreu com a instabilidade, mas lutou em quadra para evitar três match points do Japão e vencer pela parcial de 28 x 26.

No quarto set, o Brasil reagiu e passou a forçar mais o saque, pontuando com certa facilidade e fechando a contagem em 25 x 21 para levar o jogo ao tie-break. No set decisivo, as brasileiras seguiram fortes em quadra, vencendo por 15 x 11.

O revés para o Japão traz uma reflexão e um sinal de alerta para a seleção brasileira, que deve buscar soluções para voltar ao cenário mundial como protagonista na próxima temporada.

“A gente não conseguiu fechar o primeiro set e isso comprometeu nossa atuação. Mas o grupo soube encontrar forças e superar as adversidades para sair com a vitória. Não atingimos o resultado esperado, e pensando em um ciclo olímpico é preciso trabalhar muito. Isso tem que servir de motivação para sempre representarmos o Brasil da melhor forma possível. Não tem mais bobo no voleibol”, considerou Fernanda Garay.

A equipe do treinador José Roberto Guimarães encerrou a segunda fase do Mundial em quatro lugar na classificação geral do grupo E, com 20 pontos (sete vitórias e duas derrotas). A Holanda ficou em primeiro, com 24 pontos, o Japão aparece na segunda colocação, com 22 pontos, e a Sérvia é a terceira colocada, com 21 pontos. Os três primeiros do grupo se classificaram para a terceira fase.

Fonte: Olimpíadas todo dia

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente



Digite a palavra e tecle Enter.