CEM realiza festival de teatro e contação de histórias

A fim de mostrar a familiares e amigos os projetos realizados durante todo o ano, o grupo “ARTEiros do CEM” apresentou, na terça-feira, 12, a terceira edição de seu “Festival de Teatro e Contação de Histórias”, no “Centro de Educação de Jovens e Adultos Dr. Geraldo Moutinho (CEM)”.

Formado por alunos da instituição, o grupo foi idealizado e criado pela professora de teatro da unidade, Fernanda Souza, em 2002, e funcionou durante o tempo em que ela trabalhou na escola. Ao retornar para a instituição, em 2015, Fernanda retomou o projeto. Hoje, o “ARTEiros do CEM” é composto por 28 alunos das oficinas, na faixa etária de 13 a 76 anos.

Fernanda contou que o grupo trabalha para “vivenciar a arte de maneira lúdica, alegre e pedagógica”. Ela explica que as oficinas do CEM são abertas à comunidade. “Qualquer pessoa de qualquer idade e localidade pode participar. Basta ter a vaga”.

O festival foi realizado a partir de apresentações desenvolvidas durante o ano. “Nós fazemos muitas apresentações em escolas, vamos a outras cidades, outros lugares, e a família mesmo não consegue assistir. Se vamos a uma escola, é de portas fechadas; na “Mostra Estudantil” são horários em que a família não pode ir”, explica Fernanda. “Por isso, apresentamos o festival em três turnos: de manhã, à tarde e à noite.”

Para a professora, nas apresentações, “além de se trabalhar a autoestima, também se adquire conhecimento. Cada projeto tem um estudo, não pegamos um texto e simplesmente apresentamos. Fazemos textos que eles construíram, baseados em conteúdos que precisamos adquirir”.

Fernanda também falou do contato cultural proporcionado pelo projeto. “Eles têm acesso à cultura, apresentam-se em vários lugares, têm contato com o povo. É um projeto que enriquece muito o aluno, tanto na parte educacional como na cultural, na física, na mental.”

O CEM oferece atendimento dos anos finais do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A instituição conta com diversas oficinas artísticas e educativas: teatro, dança, contação de histórias, informática, inglês, espanhol, artes, artesanato, corte e costura, manicure etc. É uma escola de educação inclusiva.


 Fonte: Assessoria/PJF

Compartilhe
Digite a palavra e tecle Enter.