Dorcemiro e a “Voz de Benfica”

dorcemiro.jpg

“Entra no ar: A VOZ DE BENFICA, na apresentação do programa: LEMBRANÇA MUSICAL. O rapaz trajando terno azul-marinho dedicando a uma linda jovem que está contornando a Praça Coronel Jeremias Garcia com um vestido cor-de-rosa, a música: ABISMO DE ROSAS, na voz de Dilermando Reis”.

Ainda há quem se recorde, saudosista, daquele tempo em que passear na Praça Coronel Jeremias Garcia, em Benfica, com a namorada era um momento seguro e uma boa oportunidade para fazer-lhe uma surpresa.

Instalado em um barraco de madeira em frente à praça (onde existe hoje a Papelaria da Praça), o Serviço de Alto-Falante A VOZ DE BENFICA, inaugurado em 22 de abril de 1962, levava ao ar, diariamente, das 6 horas da tarde até às 10 da noite, um programa de utilidade pública, sob a direção de Dorcemiro de Abreu.

A sua programação incluía: anúncios de eventos esportivos, notas fúnebres, achados e perdidos, avisos religiosos, lembretes de aniversários e propagandas comerciais. Entre os anunciantes, estavam: Pastelaria Princesa, Cerealista Benfica, Sapataria do Boy, Padaria Progresso e Casa Popular. Dorcemiro ainda anunciava os bailes do Clube Atlético da Fábrica de Juiz de Fora. Através de A VOZ DE BENFICA, Dorcemiro se tornou o locutor oficial das duas gincanas automobilísticas de Benfica na década de sessenta. Entre os carros, corriam Chevrolet, Buick e um Ford 28. Entre os pilotos, competia o então vereador Ignácio Halfeld.

 

Mas a grande atração de A VOZ DE BENFICA era o programa Lembrança Musical. Um espaço destinado ao romantismo das dedicatórias. O repertório era o melhor da época: Orlando Silva, Vicente Celestino, Dilermando Reis, Miguel Aceres, Carlos Orbut, Mário Lanza, Nélson Gonçalves, Oslain Galvão, Carmem Silva, Altemar Dutra, Silvinho, Wanderléa, Marco Antônio, Vanderlei Cardoso, Inezita Barroso, Waldik Soriano, e muitos outros.

A VOZ DE BENFICA alegrou as nossas noites até o dia 22 de maio de 1965, quando saiu do ar.

Dorcemiro de Abreu, já falecido, era eletricista da antiga FEEA FJF, nasceu em Paula Lima em 1928 e, em 1956, mudou-se para Benfica. Durante muitos anos foi apresentador de circos e locutor em parques de diversões.

Compartilhe
Digite a palavra e tecle Enter.