Projeto que incentiva doação de medula é aprovado em primeira discussão

Projeto que incentiva doação de medula é aprovado em primeira discussão

Projeto de lei que institui a Semana Municipal de Incentivo a Doação da Medula Óssea foi aprovado nessa terça-feira, 26, em primeira discussão. Com a iniciativa, o vereador Zé Márcio (PV) quer despertar a solidariedade da sociedade e fomentar políticas públicas de estímulo. Os eventos serão realizados anualmente na semana do dia 20 de outubro, data de falecimento do médico americano Edward Donnall Thomas, considerado o pai do transplante de medula óssea. A ideia surgiu quando foi procurado pelas famílias de duas crianças que necessitavam do procedimento.

O Brasil registra anualmente 7,5 mil casos de leucemia. Grande parte dos pacientes depende de transplantes. Para um cidadão se habilitar como doador, precisa se inscrever no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). As campanhas ampliam as inscrições, mas passado o período a adesão volta a cair, o que levou o vereador a contribuir para que a mobilização permaneça. Essa necessidade existe principalmente devido a peculiaridades. A compatibilidade entre doador e receptor tem que ser de 100%.

Durante a Semana Municipal serão promovidas palestras e debates para conscientização sobre a importância da doação, divulgadas as doenças que afetam a medula, além de incentivar a participação do Poder Público e da comunidade nas iniciativas. Está previsto o envolvimento de Organizações Não governamentais (ONGs), associações, empresas, entre outros segmentos.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro