Câmara adia divulgação de edital de concurso público

Câmara adia divulgação de edital de concurso público

Atualização às 17h59 de 09/01/2017

A Câmara Municipal de Juiz de Fora (CMJF) não vai divulgar o edital para o concurso público, que estava previsto para ser lançado nesta quarta-feira, 11. Em nota enviada após solicitação do Diário Regional, a Casa Legislativa informou que o Ministério Público de Minas Gerais (MPGM) solicitou, por meio de ofício, uma cópia do processo de contratação da empresa responsável pela a execução do concurso.


“O promotor Paulo Cesar Ramalho (Direitos Humanos – Patrimônio Público), enviou ofício à Câmara Municipal recomendando que o Legislativo envie para a promotoria cópia do processo de contratação da Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc), instituição ligada à PUC-Minas, que será responsável por montar todo concurso, além da cópia do edital que será lançado”.


De acordo com a assessoria da Câmara Municipal, a ação do MPGM é comum, já que ele tem por função fiscalizar os três poderes. Todos os documentos solicitados serão enviados para o promotor nessa segunda-feira, 9. “Se o promotor conseguir analisar e despachar o documento até o dia 10 de janeiro, o edital será lançado no dia 11 mesmo. Caso isso não aconteça, vamos ter que aguardar retorno do parecer do Ministério Público”, esclareceu.


O concurso oferece 30 vagas, sendo 15 em nível superior com salário variando entre R$1.452 e R$4.502. Os aprovados também terão direito a um tíquete de alimentação no valor de R$620 e vale transporte.