Regiao - Centro 1

União da antiguidade com arte moderna marca exposição em Goianá

União da antiguidade com arte moderna marca exposição em Goianá

Começa na sexta-feira, 11, a exposição do escultor Mauro Alvim, no Centro Cultural em Goianá, trazendo como tema “Arte e poesia em ferro”. Unindo traços das antiguidades, ao toque da arte moderna, o autor de mais de 200 obras compõe sua criação a partir de materiais que seriam descartados, numa união de arte e consciência ambiental.
Usando literatura como referência, realizou várias exposições inspirado em escritores renomados como Euclides da Cunha, Mário de Andrade, Miguel de Cervantes, além de poetas mineiros contemporâneos, o que lhe rendeu prêmios nacionais e internacionais, inclusive o de “Cavaleiro Imortal”, Chevalier Acadèmicien, pelo MondialArt Academia – França Juntamente, soma o interesse em repassar as técnicas adquiridas, na expectativa de ser usada como fonte de renda e de realização pessoal, além de contribuir para romper paradigmas gerados pela cultura do descartável, incutindo a ideia da sustentabilidade e preservação dos recursos naturais.
Numa iniciativa da Associação dos Artesãos e Agricultores Familiares de Goianá (Afago) e Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, a exposição ficará a mostra um mês a partir do dia 11 de dezembro, com abertura às 18h, no Centro Cultural.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro