INSS enviará novas cartas para remarcar perícias

INSS enviará novas cartas para remarcar perícias


De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, cerca de 40 mil perícias deixaram de ser realizadas desde o dia em que a primeira MP perdeu a validade, em novembro do ano passado.


Os segurados que foram convocados para a perícia em 2015, mas não conseguiam fazer o exame ou remarcá-lo, receberão uma nova carta de convocação. O procedimento para agendar a perícia será o mesmo. O convocado terá cinco dias para entrar em contato com o INSS e escolher uma data para ser atendido.


Isso não vale para quem já tinha uma perícia agendada ou remarcada a partir do dia 16 de janeiro. Esses segurados devem comparecer no posto do INSS no dia e na hora marcados para não ter o benefício suspenso. Segundo o Governo, todas as perícias marcadas para depois dessa data serão realizadas conforme o agendamento prévio.


O segurado que tiver dúvidas quanto à data da sua perícia pode entrar em contato com o INSS pelo telefone 135, para verificar quando será o atendimento. Também é importante manter o endereço atualizado no cadastro do órgão, para não correr o risco de não receber a carta de convocação.


Com a nova medida, serão chamados os beneficiários de auxílios-doença e aposentados por invalidez que não passam por perícia desde janeiro de 2015. A programação das novas convocações deverá ser finalizada até a próxima sexta-feira, 13. Os aposentados por invalidez com mais de 60 anos de idade estão livres de passar por uma nova perícia médica.

PENTE FINO RECOMEÇA NA SEGUNDA


 O INSS vai retomar as perícias de revisão do pente-fino na semana que vem;
 O órgão também voltará a enviar cartas convocando os segurados para o exame;
 40 mil perícias do pente-fino deixaram de ser realizadas no intervalo entre as duas medidas provisórias.

Os segurados podem estar em uma das seguintes situações:

1) Com a perícia agendada a partir do dia 16 de janeiro

 O segurado que tinha sido convocado para o exame até o início de novembro e remarcou o atendimento para depois do dia 16 desde mês será atendido na data prevista;
 De acordo com o Governo, todas as perícias marcadas para depois dessa data serão realizadas conforme agendamento.

2) Tinha perícia antes do dia 16 e não foi atendido ou não conseguiu reagendar o exame

 Esses segurados não precisam correr para o INSS para remarcar o atendimento;
 O Governo enviará novas cartas convocando quem está nessa situação;
 O procedimento para marcar a nova data do exame será o mesmo.

NOVA MEDIDA DO GOVERNO


 O pente-fino nos benefícios por incapacidade está suspenso desde novembro;
 A revisão foi interrompida, pois a medida provisória 739, que garante o pagamento do bônus aos peritos, perdeu a validade sem ser votada no Congresso;
 O Governo chegou a propor um projeto de lei recriando o pente-fino e o bônus, porém, ele não foi votado antes do recesso.
 Para retomar os atendimentos, o Governo publicou, na semana passada, a medida provisória 767.

A PREVISÃO É QUE PASSEM POR PERÍCIA:

 530 mil beneficiários de auxílio-doença;
 1,18 bilhão de aposentados por invalidez.

Levantamento feito até 31 de outubro:

 20.964 perícias foram realizadas;
 8 em cada 10 auxílios foram cortados;
 Apenas 6,15% foram convertidos em aposentadorias por invalidez.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro