O medo é a origem de todas as infelicidades

O medo é a origem de todas as infelicidades

Na sutra sagrada Palavras do Anjo, está escrito: " ... extinto o temor, extinguem-se automaticamente todas as infelicidades e doenças". Todas as infelicidades, desgraças, doenças, etc., são sombras projetadas por nossa própria mente. O sentimento de temor, principalmente, tem um papel muito importante como causa das doenças. Além do medo em relação à própria doença, a pessoa teme o fracasso dos negócios, a perda do amor, a destruição que pode estar se aproximando, a traição do marido, etc. Na maioria dos casos, esses sentimentos de medo provocam anormalidades na produção dos hormônios e descontrolam as funções fisiológicas de todo o corpo, gerando a doença. Por esse. motivo torna-se necessário recorrer à alopatia, porém essa dependência aos remédios deve ser temporária. O único meio para a cura radical da doença é induzir a mente que estava gerando o descontrole hormonal a atingir o estado de completa paz.

Primeiramente, tenha uma correta visão do mundo
Quando se apresenta algum problema desagradável, a maioria das pessoas pensa que seu surgimento é algo que lhe foi imposto, mas em absoluto, não é isso que acontece. As causas da felicidade ou infelicidade, do sucesso ou fracasso, da saúde ou da doença do homem estão em sua própria mente. Para que consiga dominar o problema surgido é preciso, antes de tudo, mudar radicalmente a sua visão do mundo. Para isso, deve saber que todas as coisas deste mundo, em seu aspecto original, são criações de Deus e portanto estão em perfeita harmonia. Se porventura estiver se manifestando uma situação desarmoniosa em sua vida, é prova de que sua mente não está em harmonia com a Essência perfeita e o foco da imagem está distorcido. É o mesmo que acontece, por exemplo, com um espelho que reflete uma imagem completamente fora de foco, dependendo do ângulo em que for colocado.

Reconheça somente a perfeição da realidade espiritual
As coisas e fatos aparecem exatamente como você pensa e crê do fundo do coração. Esse "fundo do coração" se refere ao subconsciente. Se o marido considera que sua mulher é egoísta, esta vai pensar.o mesmo dele. Se o Presidente de uma empresa vê seu funcionário como um simples instrumento que lhe permite satisfazer sua ganância, este também vai encarar a empresa simplesmente como um lugar onde se ganha dinheiro. Se realmente nossa meta é a construção do Paraíso terrestre, constituído de felicidade e de prosperidade, não devemos confundir o "mal" manifestado fenomenicamente com a Realidade, mas sim visualizar apenas a perfeição do Mundo Real que está em nosso interior. Se deixarmos de pensar na imperfeição do fenômeno, se deixarmos de falar sobre ela e se, ao contrário, procurarmos somente pensar e falar na perfeição, pelo "poder da mente" e pelo "poder da palavra", ela se manifestará concretamente.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro