Não seja como um bonsai

Não seja como um bonsai

Livro - Ensinamento da verdade para Jovens Vol.2

Não seja como um bonsai
O mundo não está à procura de pessoas que sejam como um bonsai - uma árvore que, tendo sido submetida a constantes podas e à torção de seus galhos, tornou-se uma miniatura - ou árvore anã - e sofreu distorção da beleza natural. O mundo procura pessoas grandiosas como as árvores altas e frondosas, que cresceram perfeitamente, cheias de vigor; procura pessoas que, embora tenham um coração ardoroso, sejam capazes de controlar as suas emoções com sabedoria clara e vontade firme, e não se deixem arrastar pelas emoções. O ser humano deve ser possuidor de um perfeito bom-senso. Você não deve se tornar um indivíduo de personalidade distorcida e visão estreita, que se atenha apenas a uma determinada capacidade, de maneira monomaníaca. É preciso ser uma pessoa capaz de amar com intensidade e fervor, mas que tenha a sabedoria e a firmeza de vontade para direcionar corretamente as suas emoções; uma pessoa que, embora seja capaz de se indignar contra o mal, tenha amor e sabedoria para reconhecer no oponente a Imagem Verdadeira de filho de Deus, bem como a serenidade para propiciar, por meio de contemplação, amor ao próximo e reverência, a exteriorização da natureza divina que lhe é inerente.
A cada ano, muitos jovens concluem os estudos e iniciam a vida na sociedade. Mas, lamentavelmente, poucos são os que, com espírito independente, desenvolvem a própria personalidade e, ao mesmo tempo, conseguem conviver em harmonia na sociedade, formar um lar digno e alcançar êxito na vida. Existe o provérbio "Mente sã num corpo são", que expressa a correlação entre a mente e o corpo. O corpo carnal é um "invólucro" que o ser humano cria para si por meio de vibrações mentais; portanto, se uma pessoa tem um corpo frágil, significa que o seu espírito é frágil, isto é, ela nasceu com compleição fraca porque, no momento em que foi concebida, alojou-se nela um espírito frágil que precisava passar pelo processo de reencarnação. Por isso, quem tem compleição frágil deve fortalecer o espírito e exercitar o corpo, a fim de se tornar forte e sadio. Para perseverar no treinamento físico até conseguir modificar a compleição, a pessoa precisa de muita força de vontade. Podemos, pois, dizer que o corpo frágil é um "instrumento" que a Vida preparou para essa pessoa, a fim de que ela pudesse exercitar a sua força de vontade. Perseverando no esforço, mais forte se torna o espírito; e, com o fortalecimento do espírito, o corpo se torna sadio e forte. Não há dúvida de que o corpo sadio é reflexo do espírito sadio. É errado pensar que, tendo-se convertido a uma fé religiosa, pode-se negligenciar o treinamento físico. A perseverança no treinamento físico implica contínuo esforço por parte do espírito, que cultiva a força de vontade. O resultado é o fortalecimento espiritual e físico.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro