LÚCIO RODRIGUES

LÚCIO RODRIGUES

Nascido em 1964, Lúcio Rodrigues atua como desenhista, pintor e cenógrafo. Sempre residindo na zona Norte de Juiz de Fora, Lúcio fez o curso primário na Escola Estadual Almirante Barroso.


Seu trabalho como artista plástico ultrapassa as fronteiras da cidade. Telas, painéis em grafites e outras formas de expressão de sua arte já foram vistas por milhares de pessoas em diferentes cidades brasileiras.


Com uma extraordinária compulsão para produzir, Lúcio vem se destacando como um dos mais talentosos artistas de sua geração. Suas exposições individuais na Reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora e no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas levaram milhares de visitantes a esses espaços.


Sua capacidade de produção permite transformar chapas de metal, latas, tampas de fogões, enxadas e, obviamente, telas, em suportes de surpreendentes obras de arte. Além disso, são dezenas de murais que ele tem espalhados pela cidade, seja em paredes de lojas, bares e de centros comerciais, e muros.


Lúcio já participou de vários projetos aprovados pela Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura, da Prefeitura de Juiz de Fora - Funalfa. O principal deles, trata-se do projeto Pontos de Arte, que transformou os abrigos de passageiros do transporte coletivo em galerias de arte ao ar livre. Esse é um projeto em parceria com outro artista da região: o arquiteto Thiago Campos.

lucio.jpg


Até pouco tempo atrás, quem andava pelas ruas da cidade pôde contemplar releituras de consagrados artistas, como Michelangelo, Picasso, Di Cavalcanti, Segal, Tarsila do Amaral, Portinari, Basquiat, Dnar Rocha, Aldemir Martins, Miro, Munch, Arlindo Daibert, e tantos outros, que fizeram possível estabelecer até mesmo um novo roteiro turístico no município: um passeio pela História das Artes Plásticas. Muitos desses murais ainda permanecem nos abrigos. Boa parte foi coberta por tinta recentemente.


A nova roupagem dada aos pontos de ônibus de Juiz de Fora é um gesto de gentileza urbana. Ataca-se um grave problema que atinge o município que é o vandalismo em equipamentos públicos e, ao mesmo tempo, presta-se uma homenagem aos grandes mestres. Um belo presente à cidade que merece ser protegido por todas as pessoas. Esse projeto recebeu repercussão nacional, com matérias no jornal Estado de Minas, Jornal da Globo e Globo News, entre outros.


Lúcio Rodrigues é, sem dúvida, um importante patrimônio humano da nossa região. Tentei fazer este desenho dele com sua filha Isabela.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro