Saiba as melhores datas para programar as viagens de 2018

Saiba as melhores datas para programar as viagens de 2018

Último dia do ano. As esperanças se renovam; as expectativas aumentam; grandes planos para o ano que chega. Que os desafios se transformem em oportunidades de crescimento e realizações. Isso tudo é o que todos nós almejamos.


O ano começa com festa, com férias e com sete feriados nacionais ao longo dele, mais cinco colados nos fins de semana, portanto 2018 será um excelente ano para pequenas viagens. Serão 12 pausas no meio da semana: uma na segunda, cinco na terça, duas na quinta e quatro na sexta-feira, então vamos aproveitar e começar a nos programar.


A dica é em vez de tomar o caminho de sempre rumo ao litoral mais próximo, que sempre também está lotado e com as estradas engarrafadas, por que todo mundo tem a mesma ideia, que tal aproveitar esses feriadões em outros destinos, como:

 

LENÇÓIS MARANHENSES – mesmo sem aeroporto próximo, um feriado é suficiente para se ter uma noção das paisagens absurdas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Para ver as dunas que represam as águas das chuvas, uma viagem básica deve incluir as lagoas Azul, Bonita e das Andorinhas. Encaixe também o passeio de barco pelo Rio Preguiças até o povoado de Atins.

 

JERICOACOARA no Ceará – área de proteção ambiental cercada de dunas, lagoas e postais naturais como a Pedra Furada, “Jeri” é uma vila que preserva ruas de areia e um charme involuntário, apesar do cosmopolitismo que chega na mochila dos gringos do kite. Desde setembro, há uma taxa diária de R$5,00 por visitante, percalço menor diante da inauguração do aeroporto, em junho, que recebe voos de Campinas e, a partir de agora, também de Congonhas.

 

CHAPADA DIAMANTINA na Bahia – é preciso mais que um feriado para explorar os 1.500 km² de morros, cânions e cachoeiras da Chapada. Mas o aeroporto próximo e as atrações no entorno de Lençóis – Morro do Pai Inácio, Cachoeira dos Mosquitos e grutas Torrinha e Pratinha – garantem agilidade para degustar o superlativo parque nacional.

 

PANTANAL, Mato Grosso/Mato Grosso do Sul – para fugir da urbe, nada se compara a pescar piranha, focar jacaré e ver de perto aves, capivaras e tamanduás. Assim é o Pantanal, que tem base em Poconé, no Mato Grosso e Corumbá, Aquidauana e Miranda, no Mato Grosso do Sul. Hotéis-fazenda e pousadas da Estrada-Parque (Pantanal Sul) e Transpantaneira (Norte) organizam os passeios ecológicos.

 

BONITO, Mato Grosso do Sul – desde fevereiro, chegar a Bonito está mais prático com os voos da Azul saindo de Campinas – mas não reserve menos do que quatro dias para visitar o melhor destino de mergulho fluvial do Brasil. Conhecida por sua organização, a cidade atrai muitas famílias aventureiras, dada a facilidade de flutuar em rios cristalinos cheios de peixes.

 

INHOTIM, Minas Gerais – reserve dois dias para conhecer o Inhotim, em Brumadinho, o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo, dono de exuberante jardim botânico e 22 galerias. Nelas, instalações, esculturas e fotos estimulam tanto o especialista em arte quanto o leigo. Depois, curta o fim do feriado em Belo Horizonte.

 

CIDADES HISTÓRICAS DE MINAS – das principais cidades históricas, Ouro Preto – de acervo barroco inigualável – é a mais próxima de BH e base para visitar Mariana, Tiradentes, mais distante, alia preservação com pousadas chiques e ótimas em culinária. Uma Maria-fumaça liga a cidade de São João Del Rey.

 

FOZ DO IGUAÇU no Paraná – desde o mês passado os turistas economizam 30% no Passaporte 3 Maravilhas, que dá acesso ao parque nacional, ao Marco das Três Fronteiras e à Usina de Itaipu. Foz tem ainda o aclamado Parque das Aves e, atravessando a fronteira, o imperdível lado argentino das cataratas.

 

BENTO GONÇALVES no Rio Grande do Sul – o clima ameno e o relevo serrano permitiram que os imigrantes italianos fizessem de Bento a principal área vinífera do país. Além das construções antigas, do passeio de maria-fumaça e do famoso galeto do Casa di Paolo, os visitantes conhecem vinícolas de qualidade, como Miolo e Salton, sem sair do país.

 

GRAMADO no Rio Grande do Sul – associada ao inverno, Gramado tem neve o ano inteiro no Snowland, onde é possível esquiar, patinar e brincar no gelo. Também não é preciso ir em dezembro para ver o Papai Noel, que está sempre em sua Aldeia. No primeiro semestre de 2018 a cidade ainda ganhará o segundo Hard Rock Café do país.

 

BEACH PARK no Ceará – segundo melhor parque aquático do mundo em 2017, o Beach Park não para de ser reinventar. De tempos em tempos um novo brinquedo é lançado – o último foi o toboágua Vaikuntudo, cujas boias atingem 43 km/h. A próxima atração, ainda não anunciada, deve inaugurar até as férias de julho/2018.

 

BETO CARRERO WORLD em Santa Catarina – o maior parque temático da América Latina tem três montanhas-russas – duas delas com looping – e áreas temáticas dos personagens de Kung Fu Panda, Shrek e Madagascar. Outro destaque do Beto Carrero é o Extreme Show, com carros e motos em manobras radicais.

 

BUENOS AIRES na Argentina – fácil de chegar, é proveitosa até para quem já a conhece. Nos últimos anos, a cidade inaugurou o Centro Cultural Kirchner, o museu da fotografia FoLa e o outlet Distrito Arcos – e há ainda as carnes, os vinhos, museus e bairros que ninguém se cansa de revisitar. A capital também é base para ir à uruguaia Colônia Del Sacramento, a 1h15 pelo Buquebus.

 

SANTIAGO, Chile – Cordilheira ao fundo, a moderna capital chilena é fácil de ser conhecida a pé (usando-se o metrô) e tem programas variados, do Centro cheio de história à panorâmica do Cerro San Cristóbal, passando por vinícolas como a Concha y Toro, a meia hora da cidade. Num feriado de quatro dias, separe um deles para visitar Valparaíso e Viña Del Mar, no Pacífico, ou, no inverno, as estações de esqui (a cerca de 1h30) cobertas de neve.


Todas essas dicas para 2018, feriados ou férias. O importante é o leitor se programar e aproveitar. Um Feliz Ano Novo a todos com muita paz e saúde pra curtir grandes destinos dentro e fora do Brasil.

 

Colaboração: Revista Viagem e Turismo 

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro