Vida marinha e natureza preservada são diferenciais de Maragogi

Vida marinha e natureza preservada são diferenciais de Maragogi

Uma das maiores áreas de preservação ambiental do Brasil, Maragogi possui uma riquíssima variedade de vida marinha, responsável pela formação de diversas piscinas naturais de águas mornas e transparentes. Um roteiro turístico com muito sol, mar e muita diversão em meio à natureza.


Estrategicamente localizada entre Maceió e Recife, capitais de Alagoas e Pernambuco, Maragogi está na conhecida rota turística chamada de Costa dos Corais. A região norte de Alagoas tem esse nome por tratar-se da maior Área de Proteção Ambiental (APA) marítima do Brasil. Constitui a segunda maior barreira de corais do mundo, formando extensas piscinas naturais a 6 km da costa, na maré baixa. É considerada o Caribe brasileiro.

De catamarã ou lancha é possível fazer um belíssimo passeio às piscinas naturais de Maragogi, onde o turista pode realizar um mergulho conduzido, com equipamentos de mergulho profissional e conhecer as maravilhas da vida marinha a até seis m de profundidade. Outra opção é fazer um mergulho com snorkel e máscara e conhecer as várias espécies de corais, peixes e outros animais marinhos que habitam esse ecossistema.

Recentemente uma lei ambiental mudou o quadro das famosas piscinas naturais de Maragogi, pois através dessa lei restringiu-se o número diário de visitantes, proibiu-se a venda de alimentos e bebidas no local e aumentou-se a fiscalização. Tudo isso com o intuito de conservar o patrimônio natural e recuperar o que se havia perdido ao longo dos anos, devido ao intenso fluxo turístico. Hoje o panorama é outro: peixes e corais em total recuperação, transformando as piscinas em um verdadeiro aquário natural.


Devido às belas paisagens naturais e ao número de visitantes durante todo o ano, Maragogi tornou-se o segundo polo turístico de Alagoas e consagrou-se entre os 65 destinos indutores do turismo no Brasil, justamente pelo seu potencial dentro do Litoral Norte. A cidade tem uma extensão de 22 km de costa litorânea, pelos quais se encontram nove praias. Algumas, estão mais intocadas e têm paisagens de tirar o fôlego. Tudo reina em harmonia na imensidão do litoral, um lugar escolhido pelos peixes-boi para serem reverenciados.

CULINÁRIA

Sua rica culinária local à base de frutos do mar e os famosos sequilhos de Maragogi completam o cenário para que o turista viva essa experiência única. É delicioso passar uma tarde em alguma das fábricas existentes no município degustando e aprendendo fazer esses famosos sequilhos, que são vendidos para todo o Brasil e exportados para vários países. Eles são do tipo “impossível comer um só”. Outra maravilha são as bolachas de Maragogi, doces ou salgadas. Os caminhos do sabor também são destaques entre os pontos turísticos.


Em toda a Costa dos Corais, os frutos do mar também são ingredientes base dos mais deliciosos pratos. Nos bares e restaurantes são várias as opções, desde robustas lagostas e camarões às muitas espécies de peixes, crustáceos e moluscos, preparados e servidos das mais variadas formas, a mais tradicional é com o molho feito de leite de coco.

PASSEIOS

Trilhas ecológicas como a famosa “Trilha do Visgueiro”, oferecem um percurso com uma beleza exótica, em meio à Mata Atlântica, para quem gosta de admirar diferentes espécies de plantas, insetos e animais, inclusive o grande Visgueiro com mais de 100 anos. As belas cachoeiras ainda bem preservadas pelos nativos que moram pelas redondezas. Todos os passeios do município podem ser feitos por buggy, bicicleta, quadriciclos, navegar de caiaque pelo Rio Maragogi explorando os manguezais ou fazendo caminhada.


Para os religiosos, além das tradicionais igrejas, existem as Ruínas no Mosteiro de São Bento e do antigo Cemitério, situadas no povoado de São Bento. Sua construção é do final do século XVII e de lá se tem uma vista panorâmica das praias da cidade. Existe também a peculiar Igreja de Nossa Senhora da Guia. Localizada em Barra Grande, é uma construção do início do século XVII, e que consta nos primeiros mapas elaborados pelos holandeses do período da ocupação em terras do Nordeste brasileiro. Existem também para ser visitados vários engenhos dentre entres o Engenho Marrecas, recuperado e transformado em Hotel Fazenda. Um passeio inesquecível que faz os visitantes voltarem no tempo.


Para completar, o turista pode ainda conhecer a história dos navios naufragados. A costa da cidade tem vários navios antigos afundados, a cerca de 20 m da superfície, datados da Segunda Guerra Mundial. Existem empresas que fazem mergulho até o local, desde que agendado com antecedência e que os praticantes tenham habilitação para mergulhos autônomos. É simplesmente imperdível.


O artesanato é a sensação das praias, mas entre as opções de compras em Maragogi, destaca-se o artesanato das associações fundadas entre várias artesãs dos assentamentos e povoados do município. O que é produzido, é encontrado em várias lojas da orla da cidade e nos hotéis.


O município de Maragogi consegue oferecer conforto, qualidade nos serviços e muitas atrações para que o turista não precise sair da cidade em busca de algo a mais. Hoje, a cidade tem tudo o que um polo turístico pode oferecer.