Por dias menos nublados

Por dias menos nublados

Comecei a escrever essa coluna com um gosto amargo na boca. Hoje não vai ter troca de experiências ou momentos alegres.

O que tem pra hoje é revolta. A saudade, como eternizou o querido Cristiano Araújo, é de acreditar em um mundo melhor. É quase impossível estar no Brasil e não se impressionar com o cenário difícil que o país atravessa. E, por favor, não me tome como de direita, esquerda ou centrão, até mesmo porque há equívocos em todos os lados.

Não estou aqui para censurar A ou B; apenas queria discorrer um pouco sobre minha indignação.
Todos os dias, abro as principais páginas de notícias para acompanhar a conjuntura brasileira.

É o meu país, por isso sempre irei me preocupar, por mim e, especialmente, pelas pessoas que amo, que são muitas. Porém, parece que vejo um quadro que se repete dia após dia: são idosos sem vagas em leitos de hospitais, torcedores atacados nas saídas de jogos, grávidas sendo atropeladas, crianças indo para as escolas e sendo brutalmente assassinadas... A guerra parece ter chegado aos colégios, aos nossos trabalhos, às nossas casas e até nas instituições religiosas.

Está parecendo uma selva, na qual a população tem que se refugiar de uma “peste” que está à solta.

E é lógico que isso está acontecendo porque nossos representantes, em sua grande maioria, não fazem nada para proteger a população. Falta dinheiro para segurança pública e educação, mas não para os ladrões. As pessoas acham os produtos e serviços caros no Brasil, mas observando tudo isso é possível perceber o porquê: é muito desvio de recursos, sempre na casa dos milhões, para poder dar uma vida confortável aos nossos políticos. Todas as reformas passam, menos a política. Os benefícios para os trabalhadores são reduzidos, mas os auxílios aos ditos “representantes do povo” aumentam a cada ano.

É difícil digerir tanto conchavo, mentira, desvio, corrupção, “troca-troca”. Agora me diz, aonde vai parar esse país diante de tanta barbárie? Somos um povo que tem o sorriso como marca registrada e foi recentemente considerado pelo canal CNN como o mais legal do mundo, mas os dias têm sido tão nefastos que aos poucos a alegria vai cedendo espaço à tristeza.

Por isso, te convido a fazer uma reflexão sobre o que você pode fazer para tornar a nossa sociedade melhor. Cada passo, por menor que pareça, cria valor e gera uma cadeia. Comece uma conscientização na sua casa,envolva filhos e amigos, pense em mecanismos para reverter esse cenário. Nós não estamos sozinhos, somos mais de 207 milhões de pessoas; nossa voz tem que sobrepor.

E se você não acredita que algo pode ser feito, por favor, pelo menos fique de olho no histórico do seu candidato nas próximas eleições e vote com consciência.

Temos urgentemente de deixar para trás aquele status de povo sem memória, porque daqui a pouco seremos um povo sem pátria. Desculpem o desabafo, mas tudo isso estava engasgado. Até a próxima.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro