Uma escolha que muda o futuro

Uma escolha que muda o futuro

img12

De tempos em tempos somos convocados a fazer escolhas que, gostemos ou não, influenciarão nossas vidas pelos próximos anos.

Um botão apertado errado e teremos que arcar com as consequências por longos anos, talvez décadas...

Normalmente quando vamos escolher algo, as primeiras intenções costumam ser boas: o primeiro passo, o primeiro botão chega a ser igual, independentemente do que apertaremos a seguir.

Mas o segundo passo, quando os botões passam a ser diferentes, aí sim é momento de ponderação, pois sua escolha definirá os rumos não só da própria vida, mas também do entorno.

Os momentos de escolha representam decisão: mudar?... manter?...

Assim, há que se fazer uma análise profunda de que caminho tomar. Será que tudo o que foi feito até agora foi perfeito ou irretocável a ponto de que nada precise mudar?

Por outro lado: foi tudo realmente terrível a ponto de que nada mereça ser mantido? Vamos simplesmente partir para um mundo completamente novo que nem sabemos se se sustenta a longo prazo?

Diante dessas perguntas, surgem outras de igual importância: estamos preparados para escolher ou escolheremos só por impulso?

Um bom princípio para uma boa escolha é nos fazer os seguintes questionamentos: o que sonhamos para nós? Como esse nosso sonho interage com o meio? Quem tem conhecimentos e habilidades suficientes para torná-lo real?
Por que delegar a pessoas mal preparadas a responsabilidade de projetar e construir o que é o NOSSO sonho?!

E é isso o que sempre me pergunto ao ver o arquiteto ser preterido quando o assunto é o projeto de uma casa.

Por que economizar em projeto se a casa é o sonho da maioria de nós e, se mal feita, nos acompanhará por muitos anos?

Por que delegar a um pedreiro (que diz ter experiência), ou até mesmo a um engenheiro (desculpem-me co-irmãos de profissão) o projeto arquitetônico de sua casa? Quantas casas pretende fazer para você mesmo na sua vida?

Por que não investir corretamente no sonho da sua casa?

O primeiro botão é sonhar com a casa, e esse botão é comum para a maioria de nós. O segundo, que fará toda a diferença, é escolher o profissional adequado. E quem faz projeto arquitetônico é o arquiteto!

É ele que vai garantir que seu sonho possa ser concretizado com qualidade.

É ele que vai te falar que nem tudo o que você quer será realmente bom.

E também é ele que vai te mostrar possibilidades que nem mesmo nos seus melhores sonhos você imaginaria.

Hoje é dia de escolha. Não venda seu sonho por pouco. É o futuro do seu sonho que está em jogo. Permita-se o melhor!