Dia da sobrecarga da terra

Dia da sobrecarga da terra

 cabecalho arquitetura

Existe uma terrível e avassaladora catástrofe em curso que a cada ano se torna mais próxima e intensa e coloca nossa vida em risco.

Invasão alienígena... Grandes terremotos... Impacto de um meteoro gigante... Fúria divina?

Nada disso. Provavelmente só com muita sorte presenciaríamos alguma dessas calamidades de fim do mundo.

O grande flagelo do qual estou falando, que já começou a corroer nosso planeta de tal forma que ele não consegue mais se regenerar prontamente se chama “praga do consumo humano”.

Há alguns anos cientistas e ambientalistas começaram a perceber que nossa ação na Terra estava levando a reposição dos recursos naturais à beira da exaustão. O planeta não estava mais aguentando repor, de forma equilibrada, o que consumimos. Chamaram de “Dia da Sobrecarga da Terra” o dia do ano em que consumimos a quantidade de recursos que ela é capaz de se regenerar no ciclo de um ano.

Trazendo para uma linguagem mais próxima, imagine que você ganhe um salário mínimo e que seja uma pessoa controlada (e quase mágica) e consiga levá-lo até o fim do mês pagando todas as suas contas certinho, e ainda sobra um troco para colocar na poupança para a compra de sua futura casa própria.

No ano seguinte, a inflação aumenta seus gastos e o reajuste do salário não aumenta proporcionalmente. Assim, o dinheirinho que sobrava, agora acaba no dia 25, ou seja, a partir desse dia seu salário fica sobrecarregado. Mas você não se dá muita conta disso pois começa a usar aquela reserva que tinha na poupança.

No outro ano, seu filho entra na escola e suas contas aumentam. Agora o dia da sobrecarga do seu salário passa a ser dia 15. E, para dar conta do mês, a poupança tem que ser “atacada” mais intensamente. Será assim até o dia em que essa reserva acabar, depois...

01

O dia da Sobrecarga da Terra aconteceu, nesse ano de 2.017 no dia 02 de agosto. A partir desse dia estamos consumindo a “poupança” da Terra.

Só para se ter um dado comparativo, ano passado esse dia de sobrecarga aconteceu no dia 8 do mesmo mês; em 2.010 no dia 21.

Entendem o que essa contagem regressiva quer dizer?

É, meus queridos leitores: o fim está próximo.

Bem... pelo menos algum fim acontecerá: ou damos fim a esse nosso modo de vida de consumo irracional e desenfreado, ou nosso modo de vida dará um fim em nós.

Ações governamentais, coletivas e individuais precisam ser tomadas.

Só para se ter uma ideia, de 40 a 60% dos lixos sólidos das cidades são oriundos da construção civil. No Brasil, a cada 3 edifícios construídos, poder-se-ia fazer um novo utilizando-se apenas o material desperdiçado!

Reciclar, reutilizar, repensar não é mais uma questão de moda, mas uma questão de sobrevivência.

prop porte

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro