Juiz defende que segurança pública cabe a todos os segmentos da sociedade

Juiz defende que segurança pública cabe a todos os segmentos da sociedade

A violência tem gerado grande temor na sociedade. Em Juiz de Fora, crimes no Centro e à luz do dia têm trazido à tona a sensação de insegurança. Só neste fim de semana, foram registrados cerca de seis roubos e três tentativas de homicídio pela Polícia Militar. Em entrevista à Mesa de Debates da TV-JF, o juiz aposentado José Armando Pinheiro da Silveira fala sobre o assunto.
Para o juiz, há um erro de gestão para superar a questão da falta de segurança. “Há um erro sistêmico no combate à violência. A segurança é muito mais do que a repressão. Mas a questão não cabe somente ao poder público ou à polícia, isso cabe aos pais, jornalistas, professores. Temos que educar melhor a nossa juventude”.
Para o jurista, o sistema prisional é o que precisa de maior reparo do governo. “Estamos repetindo as lições que ocorreram na Idade Média, da idade antiga. A ciência mudou, porém, ainda continuamos com o mesmo sistema. Estamos repetindo um sistema que nós temos a certeza de que está errado”.
Segundo ele, operações como a Lava Jato podem fazer com que a sociedade reflita. “Ocasiões como esta fazem com que a sociedade perceba que estas pessoas também são suscetíveis à Justiça, que elas não estão acima dela. A Lava Jato, a meu ver, foi uma escola para a sociedade repensar e ser mais pacífica”.
Ele ainda afirma que a segurança pública é um conjunto. “É preciso resolver a segurança pública como um todo. Nosso sistema de repressão não é capaz de sustentar (o uso da) força física que ocorre em determinadas situações, como estádios, por exemplo”.
Para o advogado Francisco de Barros Melo Neto, que também participou do debate, há um sentimento de impunidade. “Nossos jovens olham para cima e veem os políticos e empreiteiros se beneficiando da impunidade. O Direito tem até proposto soluções para os crimes, porém, a crise moral que se vive hoje piora a percepção da eficácia do sistema judiciário”.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro