Desfile das Escolas de Samba abre Carnaval de JF em 2017

Desfile das Escolas de Samba abre Carnaval de JF em 2017

Em coletiva realizada nessa quarta-feira,11, a Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) confirmou a antecipação da programação do Carnaval 2017 entre os dias 17 e 25 de fevereiro. A principal mudança em relação à festa é a estrutura dos desfiles das Escolas de Samba. A Avenida Brasil era transformada em ‘Passarela do Samba’ para receber as agremiações, que a partir de 2017 devem se apresentar ao público dentro do espaço do Parque de Exposições.


“Temos uma estrutura toda readequada para um evento o mais sustentável possível, mas que também seja capaz de atrair um público maior. As agremiações devem desfilar em um espaço com extensão de 200m, com a vantagem de ser em linha reta. Na Avenida Brasil, a estrutura era montada perto de uma curva, que atrapalhava e prejudicava alguns quesitos de qualidade estética das escolas”, considera o superintendente da Funalfa, Rômulo Veiga.


Com essa configuração, levando em conta a proporção de componentes em cada uma das escolas, a expectativa da Funalfa é de que os desfiles aconteçam dentro de um tempo mais curto, e sejam mais compactos. Segundo Veiga, o esquema propiciará melhora em uma série de quesitos, como conjunto, evolução e harmonia das escolas, além da estética, já mencionada.


Ainda de acordo com o superintendente, a Liga Independente das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf) recebeu R$ 400 mil que foram divididos entre elas e cerca de R$ 800 mil para a montagem da estrutura dentro do Parque de Exposições, incluindo as arquibancadas, os camarotes, som, além de toda a infraestrutura de apoio, formada por segurança, banheiros, praça de alimentação e um palco para shows.


“Acreditamos que, nesse formato, os desfiles ficarão muito mais organizados, além dos shows que também acontecerão dentro do Parque de Exposições, que não existiam no formato da Avenida. Além disso, vamos ter uma coordenação melhor de entrada e saída. O folião vai poder desfilar com maior facilidade, porque vamos conseguir dividir um espaço para concentração e outro para a dispersão e também vamos ter um espaço para estacionamento das alegorias, outra estrutura inédita”, detalha Veiga.


O superintendente adianta que as atrações que devem se apresentar no palco montado no Parque de Exposições são todas locais. “É um laboratório o que estamos fazendo. Estamos buscando entender como vai ser a dinâmica dentro desse novo formato. Há a ideia de trazer atrações de fora da cidade para complementar os desfiles, mas inicialmente, vamos contar com os artistas daqui. Estamos conferindo a disponibilidade deles, e devemos divulgar a programação no final deste mês”, esclarece.

CORREDOR DA FOLIA


Os editais de pedido de liberação para blocos está aberto até a próxima sexta-feira,13. Para participar, o candidato precisa repassar uma série de informações como quantidade de componentes, em qual local pretende desfilar, qual o trajeto e horário. As informações podem ser repassadas à PJF por meio de uma ficha, disponível dentro da página da Funalfa, no site da Prefeitura (www.pjf.mg.gov.br) Além disso, o proponente deve providenciar, também, um edital paralelo do protocolo i39, com informações específicas para o Corpo de Bombeiros.


“Os shows do Corredor da Folia estão em fase de avaliação e assim como a programação de blocos, serão divulgados dentro da programação, até o final de janeiro. Preparamos um cardápio de eventos complexo para que o folião possa fazer a opção pelo que mais o atrair”, acrescenta Veiga. Também devem ser divulgados adiante os preços de entradas e camarotes.


O superintendente também ressalta o trabalho da Comissão de Carnaval, que segundo ele facilita as deliberações de cada atividade, sem criar maiores burocracias. “É um trabalho intersetorial, algumas demandas surgem em outras secretarias”, encerra.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro