Chlorella: a cápsula do emagrecimento

Chlorella: a cápsula do emagrecimento

Bate Papo Fit
Olá leitores, tudo bem? A entrevistada desta semana é a personal trainer e funcionária pública Rafaela Lopes, que participa de competições de corridas curtas e de 21 km e 42 km, além de provas de Biathlons, Duathlon e Triathlon. No bate papo, Rafaela que se prepara para participar do Duathlon Thiago Machado, do desafio Rei e Rainha do Mar e do IRONMAN 70.3, no Rio de Janeiro, conta um pouco do seu dia a dia. Confira.

Idade: 30 anos
Profissão: Formanda em Educação Física, mas não exerço. Sou funcionária pública na UFJF.

Desde quando você treina?
Sempre gostei de atividades físicas, já fiz de tudo, por isso escolhi a faculdade de Educação Física, mas quando estava na área foi o tempo que menos treinei na vida, isso me deixava muito triste, então decidi atuar em outra área, para ter mais tempo livre para treinar. Comecei a correi com objetivos em 2013, mas sempre frequentei academias de musculação, fazendo corridinhas, spinning, boxe e dança.

Quais atividade você pratica?
Triathlon: que é natação, bike e corrida. Além disso, tento encaixar um fortalecimento (principalmente quando tenho competições), pelo menos duas vezes por semana, fazendo musculação ou crossfit.

O que lhe fez adotar um estilo de vida saudável?

Na verdade, eu não tenho um estilo fitness. Eu faço pelo esporte, não consigo pensar somente na estética. A minha rotina é focada em me superar, fazer sempre o melhor no que pratico. A alimentação e saúde vem como consequência. Viso sempre a saúde em primeiro plano, não sou atleta profissional, então, quero mais é ser feliz.

Como é sua rotina de treinos?
Só quem treina triathlon sabe que se treina quando dá e de acordo com a próxima competição. Treinar os três esportes é bem duro e varia muito. Normalmente, tem um day off, que costumo fazer uma musculação ou trabalho de força.

Durante a semana, são de dois a três treinos de natação; dois treinos de bike e um a dois treinos de corrida (sempre tem um intervalado forte ou treino de pista), às vezes tem também um treino transição na semana ou T1 (natação para bike) ou T2 (bike pra corrida)

No final de semana varia muito, mas tem sempre uma corrida mais longa, ou um pedal mais longo ou natação na represa. Mas, às vezes, também faço transição T2 forte em ritmo de prova ou mesmo a própria prova.

Você faz acompanhamento com profissionais da área de saúde?
Sim, tenho um professor de edução física, que faz a minha ficha de fortalecimento específico para as minhas necessidades. Um fisioterapeuta, um nutricionista e um ortopedista.

FOTO03.jpg

FOTO04.jpg

Chlorella: a cápsula do emagrecimento
Muitas pessoas têm falado nos benefícios da Chlorella e como ela ajuda nas dietas de emagrecimento. Para esclarecer as dúvidas, conversei com a técnica em nutrição da Mundo Verde, Sinara Oliveira. Confira

Benefícios
Suplemento composto pela Chlorella (Chlorella pyreinodosa), uma alga rica em nutrientes e clorofila que auxiliam na desintoxicação do organismo. Como complemento alimentar é boa fonte de aminoácidos, carotenoides, vitaminas e minerais.

Com a eliminação de toxinas há melhora no funcionamento do organismo e melhora da saúde e beleza da pele. Seu consumo está relacionado à prevenção do o envelhecimento precoce e do surgimento de doenças cardiovasculares, diabetes e câncer. “A Chlorella emagrece e com o consumo diário, fará uma limpeza geral dentro do corpo, além de reduzir os efeitos causados pelo estresse ela purificará todo o sistema interno. Portanto, todas as pessoas, mas especialmente aqueles que estão acima do peso e necessitam de uma melhora na sua saúde, podem se beneficiar muito utilizando regularmente. A chlorella emagrece, mas deve ser consumida de forma responsável”, afirma a especialista.

Modo de usar
Sugere-se consumir 3 comprimidos ao dia, ou conforme orientação de nutricionista ou médico.

FOTO01.jpg


Bolo de Alfarroba

Ingredientes

Massa

4 ovos

1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo (ou açúcar de coco)

1 xícara (chá) de alfarroba em pó

1/2 xícara (chá) de óleo de coco

1 xícara (chá) de água quente

2 xícaras (chá) de farinha de arroz integral

2 colheres (sopa) de semente de linhaça (opcional)

1 colher (sopa) de fermento em pó

Óleo de coco e canela em pó (para untar a forma)

Ganache

1 copo (200 ml) de leite sem lactose ou bebida vegetal (coco ou amêndoa)
1 colher (chá) de farinha de arroz integral
3 colheres (sopa) de alfarroba em pó

Bata os ovos e o açúcar na batedeira até dobrar o volume. Acrescente a alfarroba e o óleo e bata mais um pouco. Desligue o aparelho e junte a farinha e a água aos poucos. Quando a massa estiver homogênea, volte a ligar a batedeira em velocidade baixa.

Desligue e junte a linhaça (opcional) e o fermento. Coloque em uma forma antiaderente untada com óleo de coco e polvilhada com alfarroba ou canela em pó, e asse em forno preaquecido a 180 °C por 30 minutos (ou faça o teste do palito). Espere amornar e desenforme.

Para a ganache: junte os ingredientes em uma panela antiaderente, leve ao fogo baixo e mexa até tudo se desgrudar do fundo. Deixe esfriar e cubra o bolo.

Tome nota
Por não conter glúten, a farinha de arroz integral é substituta de outros tipos de farinha (como a farinha de trigo) no preparo de bolos e tortas. Como é integral, agrega o benefício da fibra, auxiliando na redução do colesterol e no aumento da saciedade, reduz a velocidade de absorção do açúcar e ainda auxilia na regulação da flora intestinal.

FOTO02.jpg

Cidade

Mais artigos

Política

Mais artigos

Economia

Mais artigos

Esporte

Mais artigos

Cultura

Mais artigos

Nem só de cinema é feita a Mostra de Cinema de Tiradentes, que tem início nesta sexta, 20, e segue até o dia 28, na cidade histórica mineira. O...